TRATAMENTO DAS MICOSES DAS UNHAS COM LASER

Enviar Mensagem

Iniciar Conversar

Nosso Número

Clique para Ligar

Tratamentos

Voltar a Lista

Esta doença afeta segundo dados norte-americanos, de 2 a 8% da população geral,com incidência maior nas pessoas com mais de 60 anos de idade, de 14 a 28%. Estudos brasileiros apontam quase 20% da população acometida.

A micose de unha pode se manifestar por um espessamento da unha afetada, como depósito de material úmido embaixo das unhas com o seu descolamento do leito. A unha doente fica opaca, esbranquiçada ou amarelada.

Idosos e diabéticos são os principais acometidos e, esta parcela da sociedade apresenta um tratamento mais difícil devido aos problemas circulatórios, que dificultam o crescimento das unhas e comprometem a imunidade local (as defesas da unha), além do grande número de medicações que costumam usar, geralmente uma interferindo no trabalho da outra.

O tratamento é fundamental, pois a unha doente pode servir de “porta de entrada” para outros germes e bactérias, com risco de causar até mesmo a tão temida erisipela. Isso, sem falar do aspecto feio da unha afetada.

Contudo, já existem maneiras de cuidar e tratar da micose, o laser é uma delas. Este tratamento é bem recente nos Estados Unidos e, até há pouco, inexistente no Brasil.

Para se obter sucesso no tratamento, o fungo deve ser totalmente eliminado da unha e, para que isto ocorra, a unha doente deve ser totalmente substituída pela uma unha nova.

Este processo é realizado através da tecnologia de laser para o tratamento local de infecções por fungos e bactérias, e é desta maneira que o laser Nd:YAG 1064nm, novidade nesta área, age.

O procedimento é simples. O laser atravessa a lâmina da unha e atinge o seu leito resultando num aquecimento do material fúngico. A exposição do fungo a altas temperaturas inibe o seu crescimento e causa dano e morte celular do fungo. Neste método de tratamento não há contato da ponteira do equipamento com a unha ou a pele,o que resulta num procedimento limpo, simples e de acordo poucas sessões com intervalo de algumas semanas, seguido de acompanhamento para observar o crescimento da unha após um mês, 3 e 6 meses.

Além disso, o laser proporciona o rejuvenescimento das unhas, pois melhora a microcirculação do leito ungueal, ou seja, a circulação sanguínea, o que favorece um melhor crescimento da unhas, além de dar aspecto saudável.

Quem não quiser passar por todo este processo, deve ter alguns cuidados para evitar a micose de unha. Para isso, é

Além disso, cuide do organismo como todo, tendo uma alimentação adequada e realizando exames periódicos. Assim, além de evitar o envelhecimento precoce das unhas, fica livre para mostrar os pés neste verão, em lindas sandálias, e as mãos com os esmaltes tendência da temporada. necessário ter uma higiene adequada, evitando o uso de calçados apertados ou compartilhar materiais de manicure ou pedicure não descartáveis, evitar traumas nas unhas e evitar abafar pés e mãos.

Segue algumas respostas para dúvidas frequentes relacionadas às micoses de unhas:

1) O que caracteriza a micose de unha?

A micose caracteriza-se pela alteração da cor, espessamento e/ ou deslocamento da unha do seu leito ungueal, ou seja, da pele. A cor da unha alterada pode variar desde esbranquiçada, até amarelada, esverdeada ou castanha. Muitas vezes, a alteração da cor já dá uma idéia do tipo de fungo causador da micose da unha. Geralmente, a cor esverdeada pode indicar infecção por leveduras ou bactérias.

2) Por que o tratamento da micose de unha é importante?

O tratamento é fundamental, pois a unha doente serve de “porta de entrada” para outros germes e bactérias. Isso, sem falar do aspecto feio da unha afetada.

3) Por que a terapia tradicional é demorada?

O tratamento tradicional é demorado – em média seis a nove meses, mas pode perdurar por anos e anos. Pode ser realizado com medicamento local ou sistêmico (via oral). A persistência disciplinada é crucial para o tratamento local. Quanto ao tratamento sistêmico, tendo em vista o grande número de medicações que os idosos geralmente utilizam, a incompatibilidade de algumas delas com os antifúngicos e o sacrifício para as funções do fígado, há que se pesar na balança do bom senso o risco/beneficio desse tratamento.

4) As micoses que atingem as unhas dos pés e das mãos são as mesmas? A doença é mesmo mais comum nas unhas dos pés? Por quê?

As micoses das unhas das mãos são geralmente causadas pela umidade de lavar louça ou roupa, ou por material de manicure e a contaminação mais habitual é por leveduras. A unha descola-se da pele e fica esbranquiçada. Nas unhas dos pés, as micoses são causadas pela umidade dos sapatos e meias, além do calor deste local, o que ajuda a proliferação dos fungos. A micose nas unhas dos pés é mais comum, pois sapatos e tênis são ambientes úmidos e abafados, propícios para a proliferação de microrganismos. Nas mãos, a ventilação pode dificultar a proliferação dos fungos, o que dificulta o desenvolvimento da micose.

5) Todos os tipos de micoses de unha podem ser tratadas a laser? Qual a vantagem do tratamento com o laser NdYag 1064nm, em comparação com outros tratamentos mais comuns? Existem contra-indicações?

Todos os tipos de fungos que causam micose das unhas respondem ao tratamento com o laser NdYag 1064nm. As vantagens desse tratamento a laser em comparação aos tradicionais são evitar o uso de medicações nocivas ao organismo, como antifúngicos orais, e a rapidez de ação do tratamento. Ou até mesmo, resgatar aqueles doentes que não responderam ou não conseguiram realizar o tratamento adequadamente. Não há contra indicações para o uso do laser.

6) Como o laser emitido atua na unha doente?

O laser atravessa a lâmina da unha e atinge o seu leito resultando num aquecimento do material fúngico. A exposição do fungo a altas temperaturas inibe o seu crescimento e causa dano e morte celular do fungo.

7) Quantas sessões são necessárias para a erradicação da micose? Qual é o risco da micose voltar? As unhas ficam com alguma sequela ao final deste tratamento?

São necessárias poucas sessões. O risco da recidiva depende da imunidade de cada pessoa. Pode haver desidratação da unha, por isso, deve-se hidratá-la após o tratamento. Mas, em geral, a região reconstitui-se integralmente em poucos meses.

8) É possível usar o laser para rejuvenescer as unhas. O que significa rejuvenescer as unhas?

Rejuvenescer as unhas consiste em melhorar a microcirculação do leito ungueal por meio do laser. Com a melhora da circulação do sangue no local, a unha cresce mais e melhor, com aspecto saudável.

9) Quais as causas do envelhecimento das unhas?

As unhas envelhecem devido ao processo natural de senescência ou envelhecimento do ser humano, que pode ser acentuado devido às doenças endócrinas, como por exemplo, o mau funcionamento da tireóide ou devido ao diabetes. Os problemas do coração, dos vasos sanguineos ou respiratórios afetam, principalmente, as pernas e as unhas dos pés, com retardo do crescimento, espessamento das unhas, o amarelamento e o aspecto quebradiço, com estrias verticais. Estes problemas, até o momento, não tinham solução, mas com o uso do laser apropriado (laser NdYag 1064) “vislumbramos” uma esperança de melhora para as unhas. Os resultados preliminares do tratamento são promissores.

10) Quais os conselhos para evitar a micose de unha?

As micoses podem ser prevenidas com a higiene adequada (secar bem após o banho, evitar o uso do mesmo calçado em dias repetidos, colocar os sapatos em locais arejados após o uso, evitar andar descalço em locais como praias, piscinas e vestiários), evitar traumas nas unhas, dar preferência para meias de algodão e, evitando-se o uso de calçados apertados ou o compartilhamento de materiais de manicure ou pedicure não descartáveis. Pessoas que ficam por muito tempo em contato com a água devem usar luvas.

11) Como uma pessoa pode evitar o envelhecimento precoce das unhas?

Cuidando do organismo como um todo, com alimentação adequada, cuidados de higiene e exames periódicos.

Entre em Contato para Mais Informações

Compartilhe este conteúdo