Dra Natasha Inspira

Coronavírus: o que muda na rotina de beleza?

Em tempos de pandemia global, todo cuidado é pouco. Com o COVID-19 ou novo coronavírus se alastrando ao redor do planeta, é importante tomar todas as medidas preventivas necessárias para que ele seja contido. E como você já deve ter ouvido mais de uma vez apenas no dia de hoje que lavar as mãos frequentemente e usar álcool gel são atos indispensáveis na luta contra o vírus.

Mas e a rotina de beleza? Devemos também nos preocupar na hora de adicionar algum passo ao nosso skincare de sempre? Lavar o rosto é tão importante quanto lavar as mãos? Segundo a dermatologista Dra. Ana Carolina Sumam, a resposta para a terceira pergunta é simples: não.

“Com certeza lavar as mãos é mais importante. A gente tem que pensar na forma de transmissão. E ele é transmitido através de aerossóis, através do espirro, tosse. E essas partículas acabam se depositando em superfícies. O fato da gente colocar a mão no rosto sem perceber, faz com que só lavar o rosto não tenha tanta eficácia”, explica.

A rotina em si, não muda grandes coisas, principalmente se você já está acostumado a lavar o rosto todos os dias. “Lavar a face em excesso acaba estimulando as glândulas sebáceas e isso gera mais sebo e oleosidade na pele, a rotina segue a mesma, mas é importante higienizar as as mãos antes do rosto”, aconselha.

Mas é importante hidratar muito a pele, viu? A dermatologista conta que o álcool gel e o aumento das lavagens fazem com que as mãos fiquem ressecadas, então sempre tenha um hidratante perto para evitar qualquer tipo de dano às mãos.

A maquiagem em si, não piora nem melhora a situação. “O vírus penetra pelas mucosas oral/nasalo/ocular para a árvore respiratória e não pela pele, portanto usar base, corretivo e outros produtos em base e pó, não faz diferença”, avisa a também dermatologista, Dra Natasha Crepaldi.

Máscaras descartáveis
“O uso de máscaras só é recomendado atualmente para portadores do vírus que necessitem se expor por algum motivo a não portadores; Sintomáticos com suspeita de infecção ainda não confirmada, e profissionais da área de saúde.” Explica Natasha. Contudo, algumas dermatoses podem se desenvolver do uso contínuo da máscara. Segundo a dermatologista são elas: acne, vermelhidão na pele (por agravamento de dermatite seborreica) rosácea e dermatite de contato.

Para evitar essas dermatoses, alguns cuidados são necessários: é preciso usar a máscara do tamanho adequado para evitar fricção no rosto e excesso de pressão, lavar o rosto com o sabonete adequado para a pele e aplicar hidratante todos os dias para não causar irritação na face. “Se a irritação ocorrer, é importante usar compressa de gaze na região de contato”, explica a dra. As máscaras comuns devem ser trocadas a cada duas horas, ou sempre que ficarem úmidas.

 

Fonte: https://br.vida-estilo.yahoo.com/coronav%C3%ADrus-muda-na-rotina-de-beleza-083030961.html

Compartilhe este conteúdo

Enviar Mensagem

Iniciar Conversar

Nosso Número

Clique para Ligar

Dra Natasha Inspira

Ver Lista de Posts