Dra Natasha Inspira

A vida sem cabelo: os cuidados para quem é careca

Veja que bacana, entrevista para o site GQ Estilo:

Muito se fala sobre cuidados com o cabelo, cremes, condicionadores, géis, tudo para deixar as madeixas mais saudáveis e belas, mas há um outro lado dessa história que também exige atenção. Carecas também precisam se cuidar, desde o banho até a raspagem, mas o maior ponto de atenção é com o sol, sendo o protetor solar um forte aliado.

À GQ Brasil, a dermatologista Andrea Frange alerta sobre os perigos da luz solar: “Esta área do corpo fica muito exposta à radiação ultravioleta e pode sim sofrer com queimaduras. Também com um certo ressecamento, causado por excesso de fricção devido à retirada dos fios”.

Com isso, ela recomenda que todos usem proteção solar diariamente no rosto. Para os calvos, esse cuidado também se estende para o couro cabeludo. Sobre a frequência ideal, a também dermatologista Natasha Crepaldi aconselha mais de uma vez no dia: “Protetor solar é fundamental e deve ser usado na mesma frequência com que se usa no rosto, isto é, de 4 em 4 horas”.

Ele, no entanto, não é o único companheiro possível. Andrea alerta que o cabelo é quem, geralmente, protege a pele do couro cabeludo. Sem ele, “proteções físicas artificiais, como bonés e chapéus podem suprir essa falta”, aponta.

Outra possibilidade para cuidar bem da região são cremes hidratantes, cujo uso diário pode evitar a secura. ”A exposição faz com que a careca fique mais seca e opaca, principalmente se o couro cabeludo for mais seco, pois o cabelo ajuda a manter a água e óleo por mais tempo em contato com o couro. Podem ser usados hidratantes ou serum faciais para pele normal ou oleosa”, diz Natasha.

Shampoo ou sabonete?

Para quem perdeu os fios ou prefere por estilo, esse não é o fim do shampoo. Andrea ressalta que o produto também é desenvolvido para limpar o couro cabeludo. Até é possível usar sabonete para a cabeça, mas de preferência um próprio para lavar o rosto, sendo opção de limpeza mais delicada.

Sobre o tópico, Natasha reforça: “O cabelo funciona como proteção para o couro cabeludo, contra principalmente exposição solar, sujeira, microorganismos e poluentes. Além disso, a área também é rica em produção de oleosidade, portanto, é importante que a limpeza com produtos adequados continue”.

Raspagem

Para as dermatologistas, o ideal é que a raspagem seja feita por um profissional e material propício, evitando cortes e infecções. Caso seja feita em casa, a recomendação é que o corte seja no sentido dos fios, com máquina ou navalha específicas, e gel ou espuma de barbear. Ao final, loção calmante e hidratante podem ser importantes para evitar irritações da pele.

Veja mais

Compartilhe este conteúdo

Enviar Mensagem

Iniciar Conversar

Nosso Número

Clique para Ligar

Dra Natasha Inspira

Ver Lista de Posts